Carregando...

melhor dinheiro logomelhor dinheiro logo

Informe de Rendimentos do Santander 

Pessoas jurídicas e físicas com conta no Santander podem solicitar o informe de rendimentos para a Declaração do Imposto de Renda pelo aplicativo, internet banking ou nas agências. 

Confira o passo a passo de cada um abaixo:

Como solicitar pelo app?

A forma mais simples de tirar o informe é pelo App Santander. Basta seguir os passos:

  1. Faça login no app e acesse sua conta;

  2. Vá até o menu localizado no canto superior da tela; 

  3. Busque pela opção "Informe de Rendimentos";

  4. Selecione o ano de referência desejado; 

  5. Clique em "Visualizar PDF" e escolha se quer compartilhar ou baixar o documento. 

Como tirar pelo internet banking?

Outra opção é puxar diretamente pelo site do banco. Confira como: 

  1. Acesse o site do Santander;
  2. Entre com seu CPF e senha;
  3. Conclua a validação de segurança por meio do QR Code;
  4. Busque pela opção “Utilidades”;
  5. Clique em “Informe/Consultas”;
  6. Faça o download do documento.

Como emitir pelos caixas eletrônicos do Santander?

Não é possível solicitar o informe de rendimentos pelo caixa eletrônico. É preciso ir até uma agência para realizar a operação junto ao gerente da sua conta Santander.

É possível tirar informe de rendimentos dos anos anteriores?

Sim! É feito da mesma forma que os informes do ano atual. Basta acessar o site ou app do Santander e selecionar a data desejada. 

Também é possível ir até uma agência ou entrar em contato pela central de atendimento do banco. 

E para pessoas com a conta encerrada e não correntistas?

Nesse caso, a única forma de solicitar o informe de rendimentos dos anos anteriores é indo pessoalmente na sua antiga agência. 

Como a conta corrente do Santander foi encerrada, você não conseguirá acessar o app ou o internet banking. 

Quem deve declarar o imposto de renda?

Segundo a Lei do Imposto de Renda, as pessoas que se enquadrarem nos critérios mostrados abaixo devem declarar imposto de renda:

  • Receberam mais de R$28.559,70 de renda tributável no ano anterior — salário (incluindo 13º), recebimentos do INSS (no caso dos aposentados e pensionistas) etc;
  • Ter recebido acima de R$40.000,00 entre rendimentos tributáveis retidos diretamente na fonte — sorteios, premiação em dinheiro, loterias, juros sobre capital próprio — e não tributáveis — indenizações, rendimento de poupança, heranças, doações etc;
  • Quem participou de transações na bolsa de valores — tanto compra quanto venda de ações;
  • Quem realizou venda de bens materiais — casa, carro etc;
  • Quem recebeu uma receita bruta no valor acima de R$142.798,50 por meio de atividades rurais (setor agrícola);
  • Pessoas cujos bens superam o valor de R$300.000,00;
  • Quem se beneficiou da isenção do imposto de renda durante a venda de um imóvel e adquiriu outro em menos de 180 dias.

Declarar o imposto de renda é fundamental para não passar por transtornos com a Receita Federal, caindo na malha fina. 

O que é informe de rendimentos?

Informe de rendimentos é um documento que contém informações sobre todos os seus ganhos financeiros vinculados à sua conta, sendo muito importante na hora de declarar o imposto de renda.

Os principais órgãos que emitem o informe de rendimentos são:

  • Instituições financeiras — bancos, seguradoras, empresas de investimento;
  • A empresa que a pessoa trabalha — fornecendo informações sobre benefícios, salário, bonificações etc;
  • INSS — no caso de aposentados e pensionistas.

Com isso, você poderá usar as informações fornecidas para declarar com exatidão seus ganhos anuais referentes ao ano anterior, evitando transtornos com a Receita Federal.

Qual a diferença de DIRF e Declaração do IR?

Ambas são obrigatórias e devem ser enviadas dentro dos prazos estabelecidos pela Receita Federal. Confira as diferenças entre elas:

  • Declaração do Imposto de Renda (IR): deve ser feita por pessoas físicas e jurídicas para informar seus rendimentos anuais e pagar o imposto devido.
  • Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (DIRF): deve ser feita pela fonte pagadora para informar os rendimentos pagos e o imposto retido na fonte. 

No caso da DIRF, a empresa ou fonte pagadora é responsável por fornecer o informe de rendimentos aos colaboradores e outros contratados.

📌 Problemas com o DV da conta no momento da declaração do IR? Confira como resolver!

Andreza Abreu

Por Andreza Abreu

Andreza é graduada em Publicidade e Propaganda pela UNI-BH e produz conteúdo para internet há 8 anos. Ela possui curso na área de Finanças Pessoais e Investimentos. No Melhor Plano, seu foco é transformar informações complexas do mercado financeiro em orientações simples, que possam auxiliar os usuários na melhor escolha de contas bancárias, empréstimos e investimentos.

Melhor Dinheiro

Melhor Dinheiro é uma marca do Melhor Plano.

© Melhor Plano 2023
Todos os direitos reservados.

Empresa registrada em: Rua Sergipe, nº 625, Sala 503 - Savassi | Belo Horizonte - MG
CEP: 30130-171

Atendemos em todo o Brasil!

MelhorPlano no FacebookMelhorPlano no InstagramMelhorPlano no TwitterMelhorPlano no YoutubeE-mail de Contato
Ícone Site Seguro Google

Atenção: o time do Melhor Dinheiro faz o máximo de esforço para manter todas as informações precisas e atualizadas. Porém, há dados como de taxas, tarifas e outras que podem mudar sem aviso prévio. Ao solicitar a contração, verifique os termos e valores com o banco ou financeira.